Voltar para todos os posts
homem segurando caixa de papelão
Manual para iniciantes

Dropshipping ainda vale a pena em 2022?

Por em 27 de maio de 2022 Tempo de leitura: 12 minutos

Se você está só começando sua jornada com o dropshipping ou já está neste universo há um tempo, é possível que esteja se perguntando se, a essa altura do campeonato, fazer dropshipping vale a pena.

Com a vida voltando ao normal pouco apouco e as vendas online se tornando opcionais, há boatos de que ganhar dinheiro na internet não é mais o assunto do momento. Talvez alguém tenha até dito que o dropshipping morreu. Cruzes!

Sem nenhum suspense, estamos aqui para te mostrar que isso definitivamente não é verdade. E nós podemos provar! Então, se você está se perguntando como o mercado está agora e como ganhar dinheiro com dropshipping, você está no lugar certo.

Dropshipping vale a pena. E ler este artigo também! Vamos lá?

O que é dropshipping? 

O dropshipping é um modelo de negócios de baixo risco e de baixo custo. Com ele, o lojista pode fazer vendas online sem necessariamente ter um produto em estoque próprio. Toda a parte logística fica sob responsabilidade de um fornecedor terceirizado.

Centro de processamento de pedidos de dropshipping da Printful
Centro de processamento de pedidos de dropshipping da Printful

Enquanto no modelo tradicional do varejo, o inventário é responsabilidade do lojista, no dropshipping, os produtos são armazenados e gerenciados por um fornecedor terceirizado, que cuida da parte de logística, ou seja, do armazenamento e da entrega dos produtos.

Não precisar investir em estoque é uma das principais vantagens do dropshipping. Mas como isso funciona na prática? Você vende produtos na sua loja virtual e, quando um cliente faz um pedido, o seu fornecedor recebe a ordem e envia a mercadoria, que está no estoque dele, diretamente para o seu cliente. 

Isso é ótimo porque, quando você gerencia tudo sozinho, as coisas podem sair de controle muito rápido. Você precisa ficar de olho no seu estoque e garantir que está pedindo a quantidade certa de produtos. Afinal, se algo der errado, você pode ficar com estoque em excesso e acabar perdendo dinheiro.

O melhor de tudo é que isso não afeta em nada a experiência de compra do seu cliente: ele recebe o produto como se viesse diretamente da sua loja!

Veja este comparativo do modelo tradicional com o modelo de dropshipping:

Modelo tradicional:

  1. Você compra produtos de um fornecedor e monta um estoque, fazendo um investimento inicial sem saber quanto exatamente vai vender
  2. Seu cliente compra um produto na sua loja e paga a você o preço de varejo
  3. Você precisa fazer esforços para recuperar o valor investido no estoque 

Modelo de dropshipping:

  1. Seu cliente faz um pedido na sua loja e paga a você o preço de varejo
  2. A ordem de pedido é redirecionada ao fornecedor e você paga o preço de atacado ao seu fornecedor, ficando com o lucro
  3. O fornecedor envia o produto diretamente para o seu cliente

Perceba que ambos os processos costumam envolver um fornecedor, porém, no primeiro caso, existe um investimento inicial em criação e manutenção do estoque – afinal, você precisa guardar os produtos em algum lugar -, além do trabalho de embalar e enviar ficar com o vendedor.

Já no segundo caso, o próprio fornecedor cuida do estoque e da entrega. Ou seja, o lojista tem mais tempo para cuidar do marketing e corre menos risco de perder dinheiro.


Comece um negócio de dropshipping com a Printful!


Antes da pandemia, o dropshipping já estava começando a ganhar força. Mas durante o lockdown, a popularidade deste moderno modelo de negócios alcançou níveis estratosféricos. 

Um dos principais motivos definitivamente foi a mudança do cenário socioeconômico: boa parte da população mundial perdeu o emprego quando empresas, lojas e restaurantes foram obrigados a fechar as portas no mundo inteiro.

Sem poder sair de casa, muitos de nós fomos forçados a pensar em maneiras diferentes de ganhar a vida. As pessoas começaram a pesquisar como ganhar dinheiro na internet e o dropshipping rapidamente veio como resposta para o problema, já que requer muito pouco investimento.

Além disso, você não precisa de muito conhecimento sobre administração de negócios para começar nessa modalidade, pois os fornecedores de dropshipping cuidam da parte técnica enquanto o dono da loja pode focar no marketing e nas vendas.

Vantagens do dropshipping 

Agora que você já entendeu o que é e como funciona o dropshipping, vamos investigar quais são as maiores vantagens deste modelo de negócio: 

  • Você não precisa gastar dinheiro com estoque até realmente receber um pedido de um cliente 
  • Você não fica com itens não-vendidos empacados porque os pedidos são gerenciados sob demanda pelo seu fornecedor
  • Custos operacionais são baixos porque você conta com um fornecedor terceirizado que cuida da logística do negócio
  • Você pode facilmente integrar o seu serviço de dropshipping a plataformas de e-commerce famosas no mercado (dependendo do seu fornecedor) 
  • Você tem acesso a uma grande variedade de produtos e, em alguns casos, tem também a opção de customizá-los (como no dropshipping de print-on-demand, por exemplo)
  • Você pode focar apenas na parte interessante do negócio: o marketing e o design 

Mas como ter certeza de que o dropshipping vale a pena e não foi apenas uma nuvem passageira? Vamos analisar os números.

O mercado de dropshipping em 2022

Agora que as pessoas estão voltando aos escritórios e as lojas já reabriram, a necessidade de comprar pela internet e a ideia de ganhar dinheiro sem sair de casa parece ter perdido um pouco de popularidade. 

Então, mesmo sendo claramente fácil de fazer e oferecendo baixo risco ao vendedor, o dropshipping vale a pena mesmo?

Vejamos alguns dados sobre o crescimento e a popularidade deste modelo.

Taxa de crescimento e projeções

Em 2020, o mercado de dropshipping valia mais de $128 bilhões, segundo a Market Data Forecast (link em inglês), empresa especializada nas áreas de pesquisa de mercado, business intelligence e consultoria. Mas e em 2022?

Atualmente, as projeções mostram que a taxa de crescimento anual composta para o dropshipping de 2021 a 2026 é estimada em 32%. 

Outro relatório do Grand View Research (link em inglês), empresa especializada em pesquisa e consultoria, oferece números similares, indicando que o dropshipping vai continuar crescendo com consistência com uma taxa de 28,8% até 2025. Isso significa que, em 2025, o mercado de dropshipping vai alcançar a marca de US$ 557,9 bilhões! 

Gráfico do mercado de dropshipping na região do Pacífico Asiático
Tamanho do mercado de dropshipping na região do Pacífico Asiático, por produto, 2015-225 (em bilhões de dólares). Fonte: Grand View Research

Como você pode ver no gráfico acima, o mercado de dropshipping vem crescendo em ritmo constante desde 2015 e não há sinais de desaceleração. 

De fato, o mundo do e-commerce, de forma geral, tem florescido por anos com taxas de lucro que alcançaram, segundo o site Statista, $4 bilhões em 2021, um aumento de 7% ao ano nos últimos 10 anos.

Em 2020, havia 2,05 bilhões de compradores online, enquanto em 2021 o número pulou para 2,14 bilhões. Essas estatísticas mostram que o dropshipping (assim como o e-commerce de forma geral) continuou crescendo mesmo quando as restrições foram suspensas.

Além do crescimento do mercado, também vemos um aumento no interesse de usuários online pelo tópico.

Gráfico de buscas do termo dropshipping nos EUA
Volume de buscas pelo termo dropshipping nos EUA. Fonte: Google Trends
Volume de buscas pelo termo dropshipping no Brasil. Fonte: Google Trends
Volume de buscas pelo termo dropshipping no Brasil. Fonte: Google Trends

Como você pode ver, a tendência geral para a palavra “dropshipping” é crescente. Isso significa que as pessoas estão consistentemente buscando pelo termo, muito provavelmente para aprender sobre o assunto.

Gráfico de buscas por dropshipping Amazon e Shopify
Gráfico comparativo de buscas por dropshipping amazon x dropshipping Shopify. Fonte: Google Trends

Este também é o caso de termos relacionados como “dropshipping Shopify¨ ou “dropshipping Amazon”. Isso faz sentido quando você pensa no fato de que mais de 50% das vendas da Amazon são feitas por terceiros que utilizam modelos de negócio como o dropshipping (dados do Statista) ou que a Shopify vem ganhando popularidade entre os empreendedores que utilizam a modalidade dropshipping.

O que isso tudo significa? Que o dropshipping não apenas está vivinho da Silva, como também está crescendo e gerando grande interesse no mercado. Para mim, está bem claro que, sim, dropshipping vale a pena.

Possíveis desvantagens do dropshipping

Embora o mercado esteja fervendo e o interesse seja incontestável, quem trabalha com dropshipping pode enfrentar alguns desafios. Mas não se assuste. Com as informações corretas qualquer obstáculo pode ser superado.  Vamos falar sobre os problemas mais comuns e como lidar com eles.

Existe muita concorrência?

A resposta curta seria não. Como mostram os dados, o mercado de e-commerce está crescendo de forma contínua, então cada vez mais lojistas serão necessários para atender a demanda. 

Porém, se destacar da concorrência é sempre importante, seja ela grande ou pequena. 

A melhor dica que eu posso te dar é: escolha o nicho de mercado certo para o seu negócio e faça uma boa pesquisa. Busque o máximo de informação sobre os melhores produtos para o seu nicho e potencial público-alvo: faixa etária, renda familiar, onde vivem, o que fazem no fim de semana e por aí vai. Investigue também a concorrência que já atua no nicho para aprender com seus erros e obter alguns insights.

Os melhores nichos de dropshipping já têm dono?

Essa é a próxima preocupação lógica. Você precisa escolher um nicho, mas e se os ¨bons¨ já estiverem saturados? 

Não se preocupe. Novos nichos aparecem todos os dias devido a mudanças de demanda. No universo online, ideias inovadoras estão sempre brotando e um novo nicho de dropshipping pode aparecer de onde você menos espera: novas redes sociais, um vídeo do TikTok ou um influencer falando sobre um tema interessante.

Leia também: Como ganhar dinheiro no TikTok

Se você vir um movimento acontecendo online, se jogue e seja um dos primeiros negócios a oferecer produtos novos e relevantes.

Há muitas plataformas que podem ajudar você a se manter em dia como o Trend Watching e o próprio Google Trends.

Site de tendências para e-commerce Trend Watching
Fonte: Trend Watching

Você pode, ainda, utilizar o Google Alerts para palavras específicas, como marcas ou nomes de produtos e se manter informado sobre novidades no seu nicho. 

Como fazer boas escolhas?

Escolher o fornecedor correto é crucial para seu e-commerce dar certo. Afinal, você quer oferecer uma variedade de produtos de qualidade que os seus clientes vão amar. Peça sempre amostras de diferentes produtos antes de escolher oficialmente o seu fornecedor.

Para decidir o que vender, a parte mais importante é pensar nos seus clientes: o que eles precisam, o que eles valorizam, como tornar a vida deles melhor ou mais fácil?

Preocupe-se mais em manter os seus clientes felizes do que nas vendas propriamente ditas. Uma coisa leva à outra e esta é uma forma de criar uma longa relação, além de uma marca forte.

Leia mais: 90 ideias de e-commerce para lucrar em 2022

O atendimento ao cliente é necessário no dropshipping?

Alguns lojistas que contam com um fornecedor de dropshipping terceirizado acabam deixando o atendimento ao cliente de lado. Mas esse é um erro grave. Uma loja no modelo de dropshipping, assim como uma loja no modelo tradicional, precisa cuidar bem dos seus clientes. 

Ter um atendimento ao cliente organizado que informe os seus clientes sobre possíveis atrasos na entrega, mudanças no estoque ou novos lançamentos, além de responder as dúvidas e reclamações, pode fazer toda a diferença no futuro da sua empresa.

Isso mostra que você se importa com os seus clientes, mas mais importante: que você é profissional e a sua loja é confiável.

Quanto se ganha com dropshipping?

Então, se dropshipping vale a pena, quanto dinheiro dá pra ganhar? Bom, de acordo com marketplace Bluecart, bastante! Os cálculos da plataforma apontam que negócios de dropshipping ganham, em média, entre 20% e 30% por venda.

Digamos que você compre um produto de um fornecedor por R$40 e pague um frete de R$15 pelo envio. Vendendo este produto na sua loja por R$60 e repassando o valor do frete para o seu cliente, você tem um rendimento de R$20 na venda. 

Defina quanto você quer ganhar por mês e calcule quantos pedidos precisa receber para bater a sua meta. Além da margem de lucro desejada, bote na ponta do lápis os seus custos de manutenção (como impostos e taxas da plataforma de e-commerce). 

Se você quiser ganhar tanto quanto os lojistas de dropshipping mais bem sucedidos, segundo com o Bluecart, seu objetivo será de mais ou menos US$ 5.000 por mês.

Os custos vão variar de acordo com o seu fornecedor, frete, tipo de produto, etc. Mas dá pra ter uma ideia do potencial de um negócio de dropshipping quando feito corretamente.

Para chegar lá, organize seu plano de marketing com ações que incluam ações de marketing digital, conteúdos relevantes para o seu público nas redes sociais, vídeos e promoções em datas comemorativas de interesse da sua audiência.

Leia mais: Calendário sazonal 2022 para e-commerces + calendário para download grátis.

Começando um negócio de dropshipping

Agora que não há dúvidas de que o dropshipping vale a pena e, pelo andar da carruagem, continuará valendo pelos próximos anos, você deve estar se perguntando: como começo?

Estes são alguns dos principais pontos que você deve ter em mente:

Faça uma pesquisa de marketing 

A parte mais importante de criar uma loja virtual de dropshipping nacional ou internacional é fazer uma boa pesquisa de marketing. Uma vez definido seu nicho de mercado e produto, é sempre bom saber o que a concorrência está fazendo. Não estou falando de copiar estratégias, mas aprender com os erros e acertos de quem já está na estrada há mais tempo.

Algumas perguntas para te guiar neste processo:

Que tipos de produto outros negócios do mesmo segmento estão vendendo?
Quem são os fornecedores deles?
Que plataformas de vendas eles usam?
Quais palavras-chaves utilizadas por eles têm melhor performance?
Quais os produtos mais vendidos?
Qual a estratégia de marketing dessas lojas?

Anote todas as informações que tiver, pois elas podem trazer importantes insights para o seu negócio.

Encontre os melhores fornecedores de dropshipping

Como você deve imaginar, existem diversos fornecedores por aí. E, claro, cada um funciona à sua maneira.

Pesquise bem antes de escolher o seu fornecedor de dropshipping: veja se ele atua no seu nicho, leia sobre as diferentes plataformas com as quais ele se integra e como é o seu processo de configuração. 

Confira também como é o controle de qualidade, taxas de envio, práticas e que tipo de atendimento ao consumidor ele oferece.

No Brasil, vale a pena procurar por fornecedores de dropshipping nacional, para evitar problemas com taxas alfandegárias.


Quer fazer dropshipping nacional ou internacionalmente?
Venda produtos personalizados com a Printful.


Escolha a plataforma de e-commerce mais adequada

Escolher a plataforma certa também é crucial para a sua loja dar certo. Você vai querer uma que funcione bem para o seu nicho, que seja fácil de entender e que vai ajudar a sua marca a se destacar.

Leia mais: 5 melhores plataformas de e-commerce e marketplaces para vender online

Adicione produtos à sua loja virtual

Essa é a parte divertida! Adicionar todos os seus produtos favoritos à loja. Não se esqueça de escrever descrições envolventes, ter fotos de qualidade e uma estratégia de preços bem pensada. Inspire-se no Catálogo de Produtos da Printful.

Catálogo de produtos para dropshipping
Catálogo de Produtos para dropshipping da Printful

Trabalhe o seu marketing

O marketing é o que vai ajudar as pessoas a descobrirem e se identificarem com a sua loja. Você pode ter a melhor loja online, mas sem um bom marketing, nenhum novo cliente vai acidentalmente se bater com a sua loja. 

Leia também: Plano de Marketing: como fazer e quais as principais estratégias

Quer aprender mais sobre como se conectar com clientes em potencial? Ótimo! Vamos seguir! 

Como divulgar o seu negócio de dropshipping em 2022

Neste ponto, você já deve saber bastante sobre dropshipping. Já explicamos o que é, como e por que sua popularidade está crescendo e como resolver potenciais desafios desta modalidade. Mas o que você realmente precisa para ter sucesso no mundo do dropshipping em 2022?

Esta seção, vai cobrir os principais pontos que você deve ter em mente para divulgar bem a sua loja.

Aprenda sobre SEO

SEO é a abreviação de Search Engine Optimization, que significa otimização de ferramentas de busca.  É o processo de otimizar a visibilidade da sua página em ferramentas de busca como o Google ou o Bing quando as pessoas procuram produtos e serviços relacionados ao seu negócio.

Seu site vai aparecer mais perto do topo nos resultados de busca se você utilizar certas palavras-chave que as pessoas costumam digitar na hora de procurar alguma coisa. 

A parte mais importante é identificar as palavras-chave corretas. Uma ótima ferramenta para fazer isso é o Planejador de palavras-chave do Googe Ads. Ele dá informações sobre palavras-chave relacionadas, quão grande é o interesse por elas nas buscas, e ainda sugere outras palavras para ampliar o seu conteúdo. 

Planejador de palavras-chave do Google
Planejador de palavras-chave do Google. Fonte: Google

O Planejador também é uma mão na roda na hora de pensar suas campanhas de anúncios no Google Ads, já que ambas as ferramentas são do Google e se complementam.

Dicas práticas SEO

Veja abaixo as estratégias básicas que você precisa implementar para que o seu site fique melhor rankeado nos resultados de buscas.

  • Faça descrições de produto específicas e informativas e inclua palavras-chave relevantes 
  • Use alt tags (tags alternativas) para todas as suas imagens de produtos 
  • Crie um sitemap e envie-o ao Google 
  • Tenha um Meta Título e uma Meta Descrição para cada página utilizando as palavras-chave selecionadas por você
  • Adicione palavras-chave aos nomes dos produtos
  • Consiga backlinks de outros sites para o seu

Use anúncios do Facebook para alcançar o seu público 

Os anúncios do Facebook (Facebook Ads) são uma ferramenta extremamente útil para divulgar a sua loja virtual para pessoas que estão interessadas de verdade nos seus produtos e podem se tornar clientes em potencial.

Diferente de outros tipos de propaganda, com o Facebook Ads, você tem controle de quem vê o seu conteúdo e pode selecionar apenas quem mostrou interesse no seu nicho no passado ou em um perfil específico.

Todos esses fatores vão aumentar a performance do anúncio e dar o melhor retorno sobre o seu investimento.

Com o Facebook Ads, você pode ainda determinar onde o seu anúncio vai aparecer. Você pode anunciar no Facebook, no Instagram, no Messenger, garantindo que o anúncio apareça exatamente onde os seus clientes em potencial passam a maior parte do tempo. 

Como você pode ver, fazer um marketing efetivo não é um bicho de sete cabeças. Sim, requer alguma pesquisa e trabalho duro, mas, no fim, vale a pena.

A Printful é o fornecedor de dropshipping ideal para o seu negócio?

Na Printful, oferecemos uma grande variedade de serviços e produtos para dropshipping nacional e internacional. Nossos produtos são de marca branca e personalizáveis sob demanda (print-on-demand). 

Isso significa que você pode vender no modelo de dropshipping produtos únicos, feitos pensando no seu público, e que se diferenciam da concorrência.

A personalização dos produtos é feita de forma 100% online e gratuita. Você pode subir as suas artes ou criar uma do zero diretamente no site da Printful, usando as ferramentas fáceis do Criador de Designs.

Ferramenta de criação de designs online gratuita da Printful
Criador de Designs da Printful para produtos de dropshipping personalizados

Depois, é só disponibilizar esses produtos na sua loja virtual. Quando o seu cliente comprar, nós enviamos o seu produto diretamente para ele com a sua marca.

Para deixar esse processo ainda mais simples, a Printful se conecta através de integrações com as plataformas de venda mais populares do mundo como Shopify, Nuvemshop, Etsy, Woocommerce, Wix e muito mais

Guiamos você passo a passo pelo processo de configuração e damos todas as ferramentas e informações que você precisa para vender online.

Leia também: Como lançar uma loja virtual com a Printful

Agora, só depende de você! Dropshipping vale a pena, sim. E você tem tudo o que precisa para começar agora.

Abaixo, estão algumas das perguntas mais frequentes sobre dropshipping, caso você tenha mais dúvidas.

E, se precisar de algum apoio, deixe um comentário ou envie um e-mail para o nosso time incrível de atendimento ao cliente: [email protected]


Comece a fazer dropshipping com a Printful!


Perguntas frequentes

Lojas de dropshipping podem vender internacionalmente?

Sim, muitas pessoas que trabalham com dropshipping escolhem vender internacionalmente para alcançar uma clientela mais ampla, mas isso não é obrigatório. Sugerimos que você escolha um fornecedor que tem essa opção, caso você deseje expandir seus negócios no futuro.

A Printful possui centros de processamento próprios e parceiros no Brasil, América do Norte, Europa, Japão e Austrália, para atender as demandas dos clientes de maneira glogal.

Posso combinar o dropshipping com um negócio que eu já tenho?

Com certeza! Muitos donos de lojas optam pelo modelo de dropshipping apenas para uma parte do seu inventário.

É uma grande ideia para produtos com alto custo de manutenção, como bens de alto valor e produtos grandes, pesados ou frágeis, por exemplo. Todos eles precisariam de condições especiais de estoque, que custaria caro manter. O dropshipping é a solução perfeita para esse problema.

Que produtos vender com dropshipping?

O dropshipping funciona bem para qualquer tipo de produto, mas é especialmente adequado para novas tendências e nichos específicos. Para se inspirar, leia o artigo: O que vender na internet? Produtos para lucrar em 2022

Oferecer descontos por pedidos em quantidade é uma boa ideia?

Sim! Descontos são uma boa estratégia de atração de clientes para a sua loja virtual, especialmente no início da sua jornada de dropshipping. A chave é oferecer descontos por produtos que ainda vão te dar lucro mesmo com desconto. Pense em margens de lucro para diferentes produtos no seu nicho e foque em incluir alguns produtos com alta margem na sua loja.

Gabriela é Publicitária, Blogger profissional e Especialista em Marketing de Conteúdo na Printful. Apaixonada por Redação e Planejamento, ela vai compartilhar tudo o que sabe para ajudar você.

Comments

Deixe uma resposta

O seu e-mail não será publicado



Voltar para todos os posts

Pronto para experimentar a Printful?

Conecte-se a uma plataforma de e-commerce ou faça um pedido.

Comece já! chevron-right