Voltar para todos os posts
Mulher fazendo compras online no notebook
Datas comemorativas do e-commerce Dicas de marketing

8 estratégias para criar seu anúncio de Black Friday + exemplos

Por em 9 de setembro de 2021 Tempo de leitura: 10 minutos

Olha lá quem vem virando a esquina! São as festas de fim de ano. Em poucas semanas, a palavra promoção estará por todo lado e os compradores também. Nesse momento, o que você mais vai ver é anúncio de Black Friday! Afinal, para vender, tem que aparecer.

Então vamos falar da mágica do marketing e de quais truques funcionam de verdade, usando como exemplo o que grandes marcas do varejo fizeram para divulgar suas promoções nos últimos tempos.

Todo ano, durante a Black Friday e a Cyber Monday, os gastos dos consumidores alcançam picos recordes. Basta olhar para as estatísticas da Black Friday e o comportamento do usuário no mobile e no desktop para ver o quanto este evento é importante para o nosso negócio.

Powered by AppInstitute

A Cyber Monday também bate recordes todos os anos e os números mostram (link em inglês) que, na última década, este tem sido o maior dia de vendas online nos EUA, com força cada vez maior do e-commerce.

No Brasil, uma recente pesquisa do UOL revelou que 9 em cada 10 consumidores mostram interesse na Black Friday e 57% deles começam a pesquisar preços com 2 meses de antecedência ou mais

Mesmo com a pandemia, 67% dos entrevistados dizem que pretendem comprar na Black Friday 2021 (só 2% menos que no ano passado). Considerando apenas os que aproveitaram as ofertas da data em 2020, a intenção de compra sobe para 89%.

A verdade é que, enquanto as cifras aumentam e todo mundo espera encontrar boas promoções, a popularidade da Black Friday e da Cyber Monday no mundo inteiro só cresce ano após ano.

Então aqui está uma lista com as melhores ideias para estratégias e anúncios de anos anteriores para você usar como inspiração para a sua própria campanha de Black Friday e Cyber Monday.

1. Poucas palavras

Apple

A Apple, fiel ao seu conceito, apostou em uma abordagem minimalista, porém confiante.

Todos sabem que os produtos da marca estão entre os itens mais desejados de fim de ano, o que significa que, se ela quiser, pode não fazer nenhuma propaganda, só colocar um pequeno aviso no seu site, que as pessoas vão notar.

E foi assim, sem maiores explicações, que a palavra Friday (em português, sexta-feira) disse tudo para os amantes da maçã mais famosa do mundo.

Anúncio de Black Friday no site da Apple
apple.com

Ao clicar na palavra Friday, aparecia um convidativo Apple Watch com uma tela preta que, outra vez, lembrava que a data estava próxima. Não precisa dizer mais nada, Apple. Nós voltaremos para saber mais.

Anúncio de Apple Watch em promoção na Black Friday
apple.com

E no grande dia, a apple.com foi igualmente discreta, exceto pelo banner vermelho no rodapé da tela que nos levava ao Apple Watch mostrando uma lista de compras para a família e uma promoção de cartão presente. Comunicação simples e efetiva.

Banner minimanista de Black Friday no Site da Apple
apple.com
Anúncio minimalista de Black Friday no site da Apple
apple.com

Dell

A Dell também saiu com uma abordagem descontraída para sua presença online na Black Friday. Em resumo, a mensagem que eles quiseram passar foi: “Ei, a Black Friday está aqui, as promoções estão aqui, a gente vende, você compra, vamos direto ao ponto.”.

Anúncio de Black Friday no Site da Dell
dell.com


Dica: Se você pode fazer isso, menos é mais.

2. Campanhas divertidas e personalizadas

Asos

A Asos, para sua promoção de Black Friday de 2016, decidiu lançar um código de desconto inusitado: GOGOGO (em português, algo como, VAIVAIVAI). Soa ou não soa como um comando oficial para toda a experiência de Black Friday-Cyber Monday? O trocadilho perfeito para um cupom inesquecível.

Anúncio criativo de Black Friday no site da Asos
asos.com

Se, por um lado, o código GOGOGO dá a sensação de pressa, a marca fez questão de lembrar aos seus clientes que o dia de compras mais intenso pode ser uma experiência tranquila com a Asos. Então relaxe, digite seu código e compre seus presentes numa boa.

Banner criativo de Black Friday no site da Asos
asos.com

Arezzo

Você deve ter notado que algumas marcas de moda como a Arezzo têm a vantagem de criar temas elegantes para a Black Friday, apostando no pretinho básico. Mas com um toque especial: a contagem regressiva, que já está ativa meses antes do grande dia.

Banner de contagem regressiva de Black Friday no site da Arezzo
Landing page de Black Friday da Arezzo
Anúncio de Black Friday no site da Arezzo
Dicas da Arezzo para aproveitar melhor a sua Black Friday

Outro detalhe interessante da página é que ela ajuda suas clientes a se prepararem para a data e fazerem, desde já, sua Lista de Desejos.

M·A·C Cosmetics

Mas quem disse que Black Friday tem que ser Black? Enquanto algumas marcas de cosméticos optam pelo preto no branco, a M·A·C Cosmetics trocou a Black Friday pela Cyber Tuesday e, inspirada em um dos seus batons de maior sucesso, optou pelo vermelho rubi para chamar a atenção para seus descontos e cupom no e-commerce.

Anúncio de campanha Cyber Tuesday no site da MAC
Cyber Tuesday da MAC Cosmetics

Americanas

Falando em vermelho, as Americanas também deram seu tom de originalidade à Black Friday, adequando o nome oficial da data à sua identidade visual e transformando-a em Red Friday.

Além de benefícios como descontos, marcados com selo vermelho tanto nas lojas físicas quanto virtual, e cashback, as Americanas trabalharam muito bem a estratégia do marketing de conteúdo

Com participação de convidados detentores de grande influência digital como Felipe Neto, Diva Depressão, Camilla de Lucas e Camila Coutinho, a rede promoveu uma live de ofertas, trazendo promoções, cupons de desconto, games e entretenimento via YouTube, Facebook e app da marca. 

Enquanto isso, no Instagram, os clientes podiam assistir a uma webserie do humorista Fábio Porchat, estrela da campanha.

Anúncio criativo de Red Friday no site da Americanas
Red Friday Americanas. Fonte: tecmundo

Barnes & Noble

A livraria online Barnes & Noble usou o fim de semana de Black Friday como parte da sua campanha de Edições Autografadas. Uma ótima tática, pois a ideia de ter sua cópia assinada pelo autor gera mais interesse e faz do livro um presente de fim de ano mais pessoal.

Post de Black Friday nas redes sociais da Barnes & Noble
@BNBuzz

Dica: Sua sacada na Black Friday-Cyber Monday não tem que se limitar a promoções e boas festas. Pense no que faria seus clientes felizes. 

Puket

Quando a Black Friday chega, muitas ofertas apelativas chamam a atenção. A Puket tem a sua Happy Friday, mas também possui uma ação social que dura o ano inteiro e que é uma ótima inspiração para o fim de ano: a Meias do Bem

Os clientes respondem bem a marcas que fazem ações sociais e elas podem tranquilamente andar de mãos dadas com o apelo de vendas da estação. Assim, a empresa gera consciência de marca e ainda ajuda quem precisa.

Campanha Meias do Bem no site da Puket
Projeto Meias do Bem, da Puket

Cansei de Ser Gato

Além de ser um excelente exemplo de voz de marca e nicho de mercado a Cansei de Ser Gato também nos dá bons exemplos de personalização, como esta promoção de Black Friday (ou seria #catfriday?) de 2017. A loja do Chico, além de descontos de 50%, ofereceu 1 sachê de Whiskas em parceria com a marca de comida de gatos para os 100 primeiros pedidos. 

Anúncio de Black Friday criativo no site Cansei de Ser Gato
Foto: Cansei de Ser Gato

3. Textos e artes fascinantes

Canon

Como a maioria das lojas online, você pode vestir o seu site a caráter para a Black Friday-Cyber Monday e, ainda assim, surpreender.

Os banners da campanha da Canon, por exemplo, vieram com uma surpresa em 2016: um bloco com roleta estilo cassino mostrando as principais ofertas. Dinâmico, atrativo e, se você esperar um pouco, pode ver as sugestões de promoções.

Banner criativo de Black Friday no site da Canon
shop.usa.canon.com

Natura

Já a marca Natura, que vem apostando no poder do storytelling em campanhas com apelo mais emocional e social, criou em 2020 um conceito de histórias por trás dos produtos e promoções. Sem esquecer dos argumentos objetivos esperados pelo público: frete grátis e parcelamento.

Outro detalhe a observar é que esta campanha foi feita pensando em um público especial: as revendedoras. O que nos lembra da importância de trabalhar as vendas B2B também durante a Black Friday.

Banner da campanha de Black Friday da Natura
Campanha de Black Friday da Natura
Banner da Campanha Natura Friday
Campanha de Black Friday da Natura
Anúncio de Black Friday da Natura 2020
Campanha de Black Friday da Natura

IKEA

Fomos procurar o que a loja de móveis IKEA fez em 2020, pois eles são famosos pela criatividade, não apenas nos designs, mas também nas propagandas. O que encontramos? Uma campanha lançada na Espanha com argumento de sustentabilidade e um anúncio em vídeo divertido que vai fazer muita gente se identificar.

A mensagem escolhida foi: Você é um ativista e nem sabe. E a IKEA te ajuda a ajudar o planeta.

Na prática, a ideia da IKEA na campanha global Green Friday era comprar de volta seus móveis usados e revendê-los. Mostrando, assim, seu compromisso em se tornar uma empresa climaticamente positiva até 2030. Ou seja, eles usaram a Black Friday como peça dentro de uma estratégia de marca muito mais ampla, gerando visibilidade, branding e vendas. Afinal, ao se livrar de um móvel antigo você vai precisar de um novo. Ou semi-novo

Anúncio de Black Friday IKEA: Green Friday
Anúncio de Black Friday da IKEA, ou melhor, Green Friday. Foto: 65ymas (Link em espanhol)

Dica: Quando o assunto é marketing, as palavras são uma das armas mais fortes do seu arsenal. Use-as sem medo na forma de peças gráficas ou audiovisuais.

4. Foco na economia ou foco na data?

GAP

A GAP fez sua campanha mais voltada para as festas de fim de ano, convidando os clientes a lembrarem do espírito do Natal e olhar para estes dois dias de promoções como a hora perfeita para encontrar o presente perfeito. O jogo de palavras usando as porcentagens deu o toque de varejo que faltava.

Banner da campanha de fim de ano da GAP
gap.com
Arte da campanha de fim de ano da GAP
50% de desconto, 100% pronto para embalar. Fonte: gap.com

Lenovo

A Lenovo não fez nenhuma menção às palavras Black ou Friday. Em vez disso, ela abraçou completamente a vibe natalina e também acrescentou um senso de urgência com um relógio de contagem regressiva.

Banner da campanha de natal da Lenovo com contagem regressiva
lenovo.com

Dica: Toda a ideia por trás da Black Friday-Cyber Monday é comprar os presentes de Natal com inteligência. Uma combinação equilibrada de fim de ano e economia pode deixar a campanha mais suave.

5. Vantagens eternas

Quem Disse, Berenice?

Enquanto escrevemos este post, a Quem Disse, Berenice? já está se preparando para a Black Friday, ou melhor, Beauty Week. Sabiamente, a marca se lembra que a Black Friday só acontece uma vez por ano, mas ampliar seu mailing é prioridade em todas as casas do calendário. 

Então, para ver as promoções e receber as ofertas em primeira mão, é preciso se cadastrar no site.

Banner Black Friday Quem Disse Berenice 2021
quemdisseberenice.com.br/beauty-week

Levi’s

Uma estratégia parecida já foi usada pela Levi’s, que, além de ampliar sua lista de contatos, ofereceu desconto + frete grátis.

Pop-up de Black Friday da Levis com promoção de frete grátis
levi.com

Dica: O frete grátis é uma vantagem que costuma funcionar.

6. Um toque de criatividade

Magazine Luiza

A criatividade é sempre uma forma de atrair atenção. E foi assim que a Magazine Luiza se destacou com a campanha Black Post. 

Enquanto o padrão do varejo é trabalhar preço, preço e preço, a Magalu decidiu se diferenciar com uma estratégia arrojada: a compra no escuro. Isso mesmo: passar o cartão sem saber o que está comprando. Você teria coragem?

Pois quem teve se deu bem. Foram vendidas cafeteiras de R$ 380 por R$ 29, notebooks de R$ 1.699 por R$ 99, Smart TVs de 40 polegadas de R$ 2.299 por R$ 199, lavadoras de R$ 3.599 por R$ 399. A ação não rendeu apenas vendas, como também buscas, curtidas, compartilhamentos e até prêmios pela inovação.

Anúncio da Campanha de Black Friday da Magazine Luiza 2018
Fonte: Effie

Shopify

Quem trabalha no varejo sabe que esse é o período mais intenso do ano para todos os envolvidos, da produção ao atendimento ao cliente. Então aqui está uma forma esperta de mostrar aos seus clientes que tudo vai ficar bem. Uma cortesia da Shopify.

Post criativo de Black Friday nas redes sociais do Shopify
O time da @ShopifySupport está com as patas a postos para ajudar você nesta #BlackFriday/#CyberMonday! @Shopify

Burger King x McDonald’s x KFC

Já o McDonald’s e o KFC levaram a internet à loucura usando a briga dos fast foods como combustível para esquentar a Black Friday, as vendas e as fritadeiras. E tudo começou, quem diria, com uma propaganda da promoção do Burger King, que oferecia trocar a batata média pelo balde com sachês de maionese.

Acompanhe a thread:

Dica: Criar conteúdos que façam as pessoas rirem é uma excelente maneira de ganhar curtidas e compartilhamentos nas redes sociais. De brinde, ainda geram consciência de marca.

7. Cyber Monday ou Cyber Week?

Para muitos, a experiência de compras de fim de ano se estende e vira uma Cyber Week, com a Black Friday e a Cyber Monday como pontos altos de uma semana inteira de promoções.

Amazon

A Amazon é um dos principais exemplos. Para manter os compradores conectados, eles criaram as Ofertas do Dia (Deals of the Day), divididas em duas abas:  Available (Disponíveis) e Missed (Perdidas), um pequeno truque para criar senso de urgência.

Campanha de Black Friday Amazon
amazon.com
Campanha de Cyber Monday Amazon
amazon.com

É uma ótima ideia adicionar informações extras para deixar o cliente por dentro do que esperar, incluindo dicas de como se preparar para a Cyber Monday. E tudo pode ser combinado com uma boa lista de botões de call-to-action ou uma newsletter exclusiva encorajando os compradores a se engajarem, seja seguindo a marca nas redes sociais ou baixando um app.

No Twitter da Amazon, vimos ainda que nem tudo é sobre comprar a maior televisão que você encontrar. Você pode também usar a Cyber Week para destacar as pequenas coisas, como cartões. Um toque fofo em meio ao tumulto de fim de ano.

Post de Black Friday nas redes sociais da Amazon
Seus cartões de Natal estão prontos? @amazon


Sites como a Amazon não seriam o que são sem pensar nos detalhes. Como a maioria dos varejistas, todo o site e atividade nas redes sociais foi amplificada por campanhas de e-mail marketing chamando os usuários a não perderem nenhuma promoção.

Arte e-mail marketing de Black Friday e Cyber Monday da Amazon
Amazon

Best Buy

Outra ótima ideia para atrair mais clientes e vendas é estender suas promoções de fim de ano até o Natal, como fez a varejista de eletrônicos americana Best Buy. Assim, não apenas os clientes voltam durante as festas de fato, como parte deles vai aproveitar a chance de comprar antes da Black Friday e Cyber Monday.

Arte da promoção de Black Friday da Best Buy
Black Friday antecipada da Best Buy. Fonte: bestbuy.com

Ryanair

O site de busca de voos europeu Ryanair também se orgulhou de oferecer aos seus clientes uma semana de promoções, e não apenas dois ou três dias. Boa decisão, pois as pessoas nunca se cansam de ver oportunidades de viajar. 

Além disso, em vez de dizer o número de ofertas, eles optaram por ressaltar o número de assentos com desconto, o que torna a mensagem muito mais específica e atrativa.

Anúncio de Black Friday da RyanAir
500.000 assentos com até 15% de desconto. Fonte: ryanair.com
Banner de Black Friday da RyanAir
Black Friday: 10 milhões de assentos com até 20% de desconto. Fonte: ryanair.com
Banner de Cyber Monday da RyanAir
Cyber Monday: 10 milhões de assentos com até 20% de desconto. Fonte: ryanair.com

Marvel

É claro que a Marvel também tinha que oferecer uma super promoção. Uma semana de campanha pertinentemente pensada para a Cyber Monday em 2016.

Post de Black Friday nas redes sociais da Marvel
@Marvel

Banner de Cyber Monday no site da Marvel
marvel.com

Dica: A Cyber Week não é para os fracos. Prepare-se para uma semana intensa de promoções e divulgação. 

8. Dar desconto ou não?

PC Mag

Você não precisa necessariamente vender nada para fazer parte da Black Friday. Como fez a revista especializada em computadores e tecnologia PC Mag. Para atrair os compradores com sede de tecnologia buscando as melhores ofertas da internet, ela ofereceu sua especialidade: informação. Basta adicionar seu e-mail e você vai receber as melhores promoções para garantir um novo notebook ou tablet de Natal. 

Detalhe para os botões de call-to-action: Desbloquear acesso ou Vou pagar o preço cheio nos meus itens de tecnologia.

Anúncio de Black Friday da revista PCMag
pcmag.com

Nokia

Às vezes, os varejistas não geram nenhum burburinho em particular sobre suas ofertas de Black Friday-Cyber Monday. Mas a Nokia deu um bom exemplo de como marcar presença sem necessariamente precisar anunciar promoções, postando dados úteis aos seus clientes.

Campanha de Black Friday nas redes sociais da Nokia
É necessário estabelecer padrões de segurança mais fortes na nossa indústria. Nosso @daisysu tem mais: nokia.ly/2frCflb. Fonte:@nokia

Shopify

Como plataforma de e-commerce, a Shopify pode não ter nenhuma promoção por si só, mas está apoiando seus clientes B2B para que eles façam as suas. Para mostrar aos usuários atuais e potenciais como é a Black Friday-Cyber Monday, eles colocaram um rastreador em tempo real para mostrar as vendas feitas na plataforma de sexta a segunda.

Além de ser muito interessante de ver, é uma boa forma de propaganda e um incentivo para todos os que estão pensando em lançar seus negócios online.

Anúncio mostrando vendas da Black Friday em tempo real da Shopify
Vendas em tempo real. Fonte: shopify.com

Dica: Há quem diga que as melhores coisas da vida são de graça. Use a oportunidade para compartilhar seu conhecimento com seus clientes e ganhe pontos de popularidade no caminho.

Conclusões finais

Como você pode ver, uma campanha de Black Friday-Cyber Monday não é uma roupa de tamanho único. Você tem que olhar em volta, ver o que os outros estão fazendo e entender que aspectos do seu negócio quer destacar, ou com o que você quer que o seu negócio seja associado.

Em resumo, você pode se interessar em mostrar alguns destes aspectos:

  • Economia e valores
  • Seu negócio como o lugar perfeito para comprar presentes
  • Vantagens exclusivas como frete grátis, cupons de desconto, ofertas por tempo limitado
  • Uma experiência de compra objetiva
  • Excelente atenção ao cliente

Depois de traçar sua rota, o próximo passo é decidir como personalizar sua campanha de modo a incorporar seu produto ou serviço no contexto da Black Friday-Cyber Monday. Nesta etapa, você vai pensar no seu público-alvo e como gerar apelo para ele. E não estamos falando apenas das ofertas, mas também da sua apresentação, desde um título instigante a uma direção de arte atrativa.

Sejam seus clientes mais tradicionais ou mais abertos a serem surpreendidos, você precisa fazer com que o seu cliente sinta que o seu negócio fez o dever de casa e se esforçou para conhecê-lo de verdade.

A Black Friday-Cyber Monday é uma data ansiosamente esperada que foi feita especificamente para as compras, então tudo precisa correr da melhor forma possível. Revisar campanhas e listas do que está funcionando pode ser muito útil. Mas se você não tem tempo pra isso ou só precisa de um pouco mais de inspiração, não deixe de conferir nosso Checklist de como se preparar para as vendas de fim de ano, onde reunimos tudo que você precisa saber para ter sucesso nas suas vendas dos próximos meses.

Gabriela é Publicitária, Blogger profissional e Especialista em Marketing de Conteúdo na Printful. Apaixonada por Redação e Planejamento, ela vai compartilhar tudo o que sabe para ajudar você.

Comments

Deixe uma resposta

O seu e-mail não será publicado



Voltar para todos os posts

Pronto para experimentar a Printful?

Conecte-se a uma plataforma de e-commerce ou faça um pedido.

Comece já!